Um partido para fazer diferença em São Paulo

david_recorte

Companheiros, venho participando há anos da luta trabalhista e ajudei a fundar o Solidariedade porque acredito na necessidade de um partido que faça a diferença no Estado de São Paulo, de forma a fazer avançar aqui a pauta da classe trabalhadora e dos movimentos sociais.

A extrema polarização existente na política brasileira, infelizmente, jogou para o canto dezenas de necessidades primordiais da nossa população. Divididos em dois polos que só são diferentes na superfície, os partidos brasileiros abandonaram a verdadeira democracia, que depende da vontade das pessoas para existir.

Em todo o País sentimos a necessidade de extensas mudanças. Questões fundamentais, como o fim do fator previdenciário, a redução da jornada para 40 horas semanais e a recuperação do poder de compra dos aposentados tem sido relegadas a último plano. Já política econômica é baseada em juros altíssimos e benefício a grandes banqueiros e empresários, sem nenhuma prioridade para a geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida do trabalhador.

No Estado de São Paulo também há questões urgentes. A classe trabalhadora tem dificuldade em melhorar sua qualidade de vida e nossas cidades grandes e médias estão cada vez mais se tornando depósitos humanos. É cada vez mais clara a necessidade de uma articulação em níveis supramunicipais para resolução de problemas como o transporte, a saúde, a educação e o desenvolvimento.

O Solidariedade vem se constituindo como essa força e quer sua participação na construção de um Estado melhor.

Venha com a gente. Filie-se. Participe.

A mudança está na mão de cada um de nós.